O Terapeuta da Fala é o profissional responsável pela prevenção, avaliação, diagnóstico, tratamento e estudo científico da comunicação humana e perturbações relacionadas ao nível da fala e da linguagem, bem como alterações relacionadas com as funções auditiva, visual, cognitiva, oro-muscular, respiração, deglutição e voz.

No decorrer desta atividade, o Terapeuta da Fala avalia e intervém em indivíduos de todas as idades, desde recém-nascidos a idosos, tendo por objetivo geral otimizar as capacidades nas seguintes áreas:

  • Comunicação verbal e não verbal;
  • Linguagem oral e escrita;
  • Fala e articulação;
  • Leitura e escrita;
  • Voz e fluência;
  • Sucção, Respiração, Deglutição e mastigação;
  • Motricidade orofacial.

Simultaneamente, desempenha um papel importante na consciencialização e mudança de comportamentos do paciente, tornando-o ativo e colaborante para a resolução do seu problema.

A Terapia Miofuncional é uma especialização dedicada à reabilitação das disfunções neuromusculares na estrutura orofacial, nomeadamente relacionadas com a sucção, deglutição, mastigação, respiração e fala.

Qual é o papel do Terapeuta Miofuncional na Medicina Dentária?

A sua intervenção na Medicina Dentária é necessária quando os pacientes apresentam alterações ao nível da oclusão dentária, tipologia facial associada a perturbações da musculatura e hábitos parafuncionais. Assim, intervém, essencialmente, nas seguintes áreas:

  1. Odontopediatria:

Diagnóstico precoce e tratamento atempado de diversas perturbações das funções do sistema estomatognático como a sucção, mastigação, deglutição, respiração e fala.

  1. Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares:

O trabalho em equipe com o médico dentista é essencial para alcançar, junto de pessoas de qualquer faixa etária e no menor tempo possível, resultados estéticos e funcionais estáveis, evitando recidivas por alterações musculares ou funcionais (posição entreaberta dos lábios, projeção externa da língua, alterações na mastigação, atipias  na deglutição, respiração predominantemente oral).

  1. Prostodontia/ Implatologia/ Reabilitação oral:

O terapeuta Miofuncional avalia e intervém nos desequilíbrios musculares e funcionais, que interferem frequentemente de forma negativa nos tratamentos realizados, mantendo a harmonia da oclusão e corrigindo padrões adaptativos persistentes. O uso prolongado de próteses removíveis condiciona um conjunto de adaptações orofaciais inconscientes, que acabam por alterar as estruturas anatomo-fisiológicas, dificultando a adaptação à prótese fixa sobre implantes. A intervenção da Terapia Miofuncional após a colocação da prótese, permite ultrapassar as complicações de adaptação mais frequentes, entre as quais se contam a projeção exterior de saliva, dificuldades de mastigação e deglutição, excesso de estridência na produção de determinados sons e o cansaço muscular da Articulação Temporomandibular (ATM) e da base da língua.

  1. Oclusão e disfunção temporo-mandibular:

Atuação ao nível da motricidade orofacial, tendo como objetivo adequar a tonicidade e a mobilidade, modificando fatores preponderantes para a sintomatologia associada a esta disfunção.

Marcar Consulta