A nossa saúde representa um bem essencial, apresentando uma importância exponencial nesta fase.

A visita ao médico dentista deve ser uma prioridade, especialmente na presença de problemas de saúde oral que coloquem em risco a viabilidade dentária ou causem dor dentária.

Condições como a presença de cáries, doença periodontal ou de abcesso apresentam o tempo como factor preponderante na opção de tratamento, uma vez que são patologias de carácter contínuo. Além disso, o adiamento de tratamentos dentários pode resultar em consequências graves e alterações irreversíveis, evolvendo uma despesa superior, mais tempo e procedimentos possivelmente mais invasivos.

Por que não devemos adiar o tratamento no caso de doença gengival?

1. Atrasar certo tipo de procedimentos pode piorar a situação – dor de dentes ou das estruturas adjacentes tal como a gengiva é, normalmente, significado de um problema mais grave que, caso não padeça de avaliação e tratamento, poderá evoluir para o desenvolvimento de doença gengival, abcesso dentário, perda óssea e, subsequentemente, provocar a perda dentária.

Quando existe inflamação gengival com presença de hemorragia e edema (inchaço), que são sinais da presença de gengivite, é uma situação completamente reversível, se tratada precocemente. Caso esta não seja tratada poderá evoluir para uma condição de periodontite, que é uma situação irreversível e cujo tratamento é mais difícil e demorado.
Após o tratamento inicial, verifica-se sempre a necessidade de um controlo regular, de forma a evitar a progressão da doença, uma vez que a mesma afecta não só a gengiva, mas também o osso em redor do dente.
Nos casos de presença comprovada de periodontite, as consultas de manutenção apresentam uma periodicidade que deverá ser respeita de forma a evitar a progressão desta doença e a possível perda de dentes.

2. Por outro lado, se o tratamento for atrasado poderá prejudicar a sua saúde em geral. Uma vez que existe uma relação bidirecional comprovada entre a nossa saúde oral e a saúde geral. Isto significa que o facto de ignorar a realização de tratamento dentário coloca em risco a sua saúde.

3. Menos dor e desconforto – apenas um dentista tem capacidade de diagnóstico da causa e origem da dor dentária ou de qualquer desconforto observado. Poderá adiar o mais possível a visita, no entanto ao adiar o tratamento dentário apenas está a prolongar o seu desconforto ao longo do tempo.

O gabinete clínico é um local seguro, de acordo com os protocolos extremamente rigorosos implementados.

Na área de medicina dentária, todos os procedimentos são cautelosamente planeados sobre um protocolo de desinfeção e esterilização rigoroso.