Project Description

protese dentarias clinica
protese dentarias clinica

Nas últimas décadas, os implantes constituíram a primeira opção terapêutica para a reabilitação oral de espaços edêntulos, em casos unitários e/ou em casos de reabilitação total. Contudo, embora a taxa de sucesso seja consideravelmente alta, implantes em função podem apresentar infecções peri-implantares, designadas Peri-implantites. O maior risco encontra-se na suscetibilidade dos tecidos peri-implantares ao ciclo de infecção/inflamação, à semelhança do que ocorre nos tecidos periodontais. Tanto a peri-implantite como a periodontite são causadas pela acumulação bacteriana. Por isso, a instalação de um processo infeccioso em torno do implante é considerada como a principal causa de insucesso dos mesmos (Caton et al., 2018; Lindhe et al., 2005).

No presente caso clínico, a paciente apresentava as arcadas totalmente edêntulas, isto é, sem qualquer dente. Apresentava 4 implantes no maxilar superior e 4 implantes no maxilar inferior e sobre os mesmos 2 próteses cimentadas implanto-suportadas mal adaptadas. Todos os implantes apresentavam-se comprometidos, com mau prognóstico, e acompanhados de: hemorragia à sondagem, supuração e hiperplasia dos tecidos gengivas. Quando não tratada adequadamente, a peri-implantite pode levar à destruição do tecido de suporte ao redor do implante e consequente perda do implante (Caton et al., 2018; Lindhe et al., 2005).

marcar consulta
proteses dentarias clinica hugo madeira (2)proteses dentarias clinica hugo madeira

Nas últimas décadas, os implantes constituíram a primeira opção terapêutica para a reabilitação oral de espaços edêntulos, em casos unitários e/ou em casos de reabilitação total. Contudo, embora a taxa de sucesso seja consideravelmente alta, implantes em função podem apresentar infecções peri-implantares, designadas Peri-implantites. O maior risco encontra-se na suscetibilidade dos tecidos peri-implantares ao ciclo de infecção/inflamação, à semelhança do que ocorre nos tecidos periodontais. Tanto a peri-implantite como a periodontite são causadas pela acumulação bacteriana. Por isso, a instalação de um processo infeccioso em torno do implante é considerada como a principal causa de insucesso dos mesmos (Caton et al., 2018; Lindhe et al., 2005).

No presente caso clínico, a paciente apresentava as arcadas totalmente edêntulas, isto é, sem qualquer dente. Apresentava 4 implantes no maxilar superior e 4 implantes no maxilar inferior e sobre os mesmos 2 próteses cimentadas implanto-suportadas mal adaptadas. Todos os implantes apresentavam-se comprometidos, com mau prognóstico, e acompanhados de: hemorragia à sondagem, supuração e hiperplasia dos tecidos gengivas. Quando não tratada adequadamente, a peri-implantite pode levar à destruição do tecido de suporte ao redor do implante e consequente perda do implante (Caton et al., 2018; Lindhe et al., 2005).

marcar consulta
proteses dentarias clinica hugo madeira (2)proteses dentarias clinica hugo madeira

Trabalho Executado

Sendo que os implantes apresentavam um quadro de peri-implantite, com mau prognóstico e sem viabilidade para nova reabilitação fixa sobre os mesmos, a estética e função mastigatória ficaram comprometidas. Assim, nesta paciente foi necessário proceder à explantação (remoção cirúrgica) dos implantes antigos e respectiva regeneração óssea.

Foi realizada cirurgia de “carga imediata” bimaxilar, também conhecida por “Dentes em 1 dia”. Nesta abordagem, foram colocados implantes (6 superiores e 4 inferiores) e posteriormente, no próprio dia, foram aparafusadas 2 próteses provisórias implanto-suportadas.

Esta abordagem inclui um número reduzido de consultas, menor tempo de tratamento, menos intervenções cirúrgicas e elimina a necessidade de utilização de prótese removível provisória durante o período antes e depois da cicatrização (Esposito e cols, 2010; Drago e Lazzara, 2006; Amorfini e cols, 2011; Mozzati e cols, 2012).

marcar consulta

Trabalho Executado

Sendo que os implantes apresentavam um quadro de peri-implantite, com mau prognóstico e sem viabilidade para nova reabilitação fixa sobre os mesmos, a estética e função mastigatória ficaram comprometidas. Assim, nesta paciente foi necessário proceder à explantação (remoção cirúrgica) dos implantes antigos e respectiva regeneração óssea.

Foi realizada cirurgia de “carga imediata” bimaxilar, também conhecida por “Dentes em 1 dia”. Nesta abordagem, foram colocados implantes (6 superiores e 4 inferiores) e posteriormente, no próprio dia, foram aparafusadas 2 próteses provisórias implanto-suportadas.

Esta abordagem inclui um número reduzido de consultas, menor tempo de tratamento, menos intervenções cirúrgicas e elimina a necessidade de utilização de prótese removível provisória durante o período antes e depois da cicatrização (Esposito e cols, 2010; Drago e Lazzara, 2006; Amorfini e cols, 2011; Mozzati e cols, 2012).

marcar consulta
proteses dentarias clinica
proteses dentarias clinica

Importante referir que previamente ao procedimento cirúrgico foi realizada consulta de higiene oral para remoção de tártaro e controlo de focos inflamatórios nos tecidos moles, bem como foram realizados exames complementares de diagnóstico (ortopantomografia, TAC), registo fotográfico.

Aproximadamente 6 meses a 1 ano após a intervenção cirúrgica, realiza-se à reabilitação definitiva: prótese superior em cerâmica (zircónia), para maximizar a estética e prótese inferior metalo-acrílica.

Fases do tratamento

1. Consulta de Avaliação/Diagnóstico: Exames auxiliares de diagnóstico que incluem radiografias (ortopantomografia e TAC), protocolo fotográfico, diagnóstico e escolha do tratamento

2. Consulta de Higiene Oral

3. Consulta de Preparação para cirurgia: realização do scan intra-oral para planeamento prévio virtual da cirurgia

marcar consulta

Importante referir que previamente ao procedimento cirúrgico foi realizada consulta de higiene oral para remoção de tártaro e controlo de focos inflamatórios nos tecidos moles, bem como foram realizados exames complementares de diagnóstico (ortopantomografia, TAC), registo fotográfico.

Aproximadamente 6 meses a 1 ano após a intervenção cirúrgica, realiza-se à reabilitação definitiva: prótese superior em cerâmica (zircónia), para maximizar a estética e prótese inferior metalo-acrílica.

Fases do tratamento

1. Consulta de Avaliação/Diagnóstico: Exames auxiliares de diagnóstico que incluem radiografias (ortopantomografia e TAC), protocolo fotográfico, diagnóstico e escolha do tratamento

2. Consulta de Higiene Oral

3. Consulta de Preparação para cirurgia: realização do scan intra-oral para planeamento prévio virtual da cirurgia

marcar consulta

4. Cirurgia de Carga Imediata / Dentes em 1 dia: Explantação dos implantes superiores, colocação imediata de 6 implantes superiores, 5 implantes inferiores com guia cirúrgica

5. Consulta de Prova de Dentes: Nesta fase foram avaliados parâmetros estéticos e funcionais de acordo com a face, lábios e outras estruturas adjacentes, de modo a minimizar erros na confecção das próteses

6. Colocação das Próteses Provisórias Fixas e Ajustes: após a colocação das próteses, é necessário verificar a oclusão e realizar ajustes em caso de necessidade

7. Colocação das Próteses definitivas fixas implanto-suportadas: a colocação das próteses definitivas (cerâmica zircónia superior e metano-acrílica inferior) foi realizada cerca de 1 ano após a intervenção cirúrgica, e careceu de um ciclo prévio de consultas de provas até se alcançar o melhor resultado a nível estético e funcional.

Nota: Consulta 4, 5 e 6 foram realizadas no mesmo dia

Tempo total de tratamento:

marcar consulta

Nos últimos anos, a reabilitação oral com implantes evoluiu para um campo de tratamento seguro, cada vez mais suportado pela evidência científica. Após a colocação de implantes dentários, deve ser proposto ao paciente um programa de manutenção eficaz, com o objetivo de preservar o nível de suporte ósseo e de manter a saúde dos tecidos em redor dos implantes. O paciente apresentou-se muito satisfeito após a realização do tratamento “Dentes em 1 dia”, conseguindo voltar a ter função mastigatória e retenção das próteses, devido aos dentes fixos.

marcar consulta
clinica hugo madeira facetas implantes (1)

4. Cirurgia de Carga Imediata / Dentes em 1 dia: Explantação dos implantes superiores, colocação imediata de 6 implantes superiores, 5 implantes inferiores com guia cirúrgica

5. Consulta de Prova de Dentes: Nesta fase foram avaliados parâmetros estéticos e funcionais de acordo com a face, lábios e outras estruturas adjacentes, de modo a minimizar erros na confecção das próteses

6. Colocação das Próteses Provisórias Fixas e Ajustes: após a colocação das próteses, é necessário verificar a oclusão e realizar ajustes em caso de necessidade

7. Colocação das Próteses definitivas fixas implanto-suportadas: a colocação das próteses definitivas (cerâmica zircónia superior e metano-acrílica inferior) foi realizada cerca de 1 ano após a intervenção cirúrgica, e careceu de um ciclo prévio de consultas de provas até se alcançar o melhor resultado a nível estético e funcional.

Nota: Consulta 4, 5 e 6 foram realizadas no mesmo dia

Tempo total de tratamento:

marcar consulta

Nos últimos anos, a reabilitação oral com implantes evoluiu para um campo de tratamento seguro, cada vez mais suportado pela evidência científica. Após a colocação de implantes dentários, deve ser proposto ao paciente um programa de manutenção eficaz, com o objetivo de preservar o nível de suporte ósseo e de manter a saúde dos tecidos em redor dos implantes. O paciente apresentou-se muito satisfeito após a realização do tratamento “Dentes em 1 dia”, conseguindo voltar a ter função mastigatória e retenção das próteses, devido aos dentes fixos.

marcar consulta

Equipa médica do caso clínico

Equipa médica do caso clínico