Project Description

clinica implantes dentarios
clinica implantes dentarios

O processo de osteointegração, ou seja da integração do implante no osso, na Medicina Dentária, abriu novos horizontes à reabilitação oral de pacientes desdentados (Branemark e cols, 1985). No entanto, restabelecer peças dentárias através de implantes, não significa que o paciente não está sujeito a doenças periodontais (Albrektsson e cols, 1994), e apesar das elevadas taxas de sucesso e sobrevivência dos implantes dentários, podem surgir complicações como a peri-implantite (Marcantonio C, 2014; Smeets R e cols, 2014).

A peri-implantite trata-se de um processo inflamatório, que afeta os tecidos à volta de implantes osteointegrados em função, resultando na perda do osso de suporte (Mombelli e cols, 2000) e podendo culminar na perda do implante dentário (Marcantonio C, 2014; Saraiva V 2016; Renvert S e cols 2018; Soares D, 2017; Tomain B, 3013). O principal fator etiológico associado às doenças peri-implantares é o biofilme bacteriano (Tavares L e cols, 2017). A literatura tem demonstrado alguns fatores que poderiam causar ou acelerar as doenças peri-implantares: má higiene aliada ou não a conexões protéticas mal adaptadas, doenças periodontais pré-existentes, tabaco, doenças sistémicas, tratamento de superfície do implante, entre outras.

marcar consulta

O processo de osteointegração, ou seja da integração do implante no osso, na Medicina Dentária, abriu novos horizontes à reabilitação oral de pacientes desdentados (Branemark e cols, 1985). No entanto, restabelecer peças dentárias através de implantes, não significa que o paciente não está sujeito a doenças periodontais (Albrektsson e cols, 1994), e apesar das elevadas taxas de sucesso e sobrevivência dos implantes dentários, podem surgir complicações como a peri-implantite (Marcantonio C, 2014; Smeets R e cols, 2014).

marcar consulta
clinica implantes dentarios

A peri-implantite trata-se de um processo inflamatório, que afeta os tecidos à volta de implantes osteointegrados em função, resultando na perda do osso de suporte (Mombelli e cols, 2000) e podendo culminar na perda do implante dentário (Marcantonio C, 2014; Saraiva V 2016; Renvert S e cols 2018; Soares D, 2017; Tomain B, 3013). O principal fator etiológico associado às doenças peri-implantares é o biofilme bacteriano (Tavares L e cols, 2017). A literatura tem demonstrado alguns fatores que poderiam causar ou acelerar as doenças peri-implantares: má higiene aliada ou não a conexões protéticas mal adaptadas, doenças periodontais pré-existentes, tabaco, doenças sistémicas, tratamento de superfície do implante, entre outras.

marcar consulta

Pacientes desdentados totais mandibulares, com reabsorção óssea severa, podem representar um problema terapêutico significativo, pois, apesar da confecção cuidadosa das próteses totais, em muitos casos, não é possível a obtenção de retenção e estabilidade adequadas. Estas dificuldades estão associadas à diminuição do controle neuromuscular, às condições psicológicas, qualidade/quantidade óssea e mucosa alveolar deficientes ou profundidade de sulco vestibular inadequada (Tarbet WJ e cols, 1980). Deste modo, este tipo de pacientes apresenta, características únicas, constituindo um desafio para o médico dentista o restabelecimento da função do sistema estomatognático (Borges T de F e cols, 2011).

Neste caso, em superior, o paciente usava uma overdenture alocada sobre 2 implantes diagnosticados com peri-implantite. A nível inferior, possuía uma prótese removível. As suas maiores queixas eram a falta de retenção e dificuldade no processo de mastigação.

marcar consulta

Pacientes desdentados totais mandibulares, com reabsorção óssea severa, podem representar um problema terapêutico significativo, pois, apesar da confecção cuidadosa das próteses totais, em muitos casos, não é possível a obtenção de retenção e estabilidade adequadas. Estas dificuldades estão associadas à diminuição do controle neuromuscular, às condições psicológicas, qualidade/quantidade óssea e mucosa alveolar deficientes ou profundidade de sulco vestibular inadequada (Tarbet WJ e cols, 1980). Deste modo, este tipo de pacientes apresenta, características únicas, constituindo um desafio para o médico dentista o restabelecimento da função do sistema estomatognático (Borges T de F e cols, 2011).

Neste caso, em superior, o paciente usava uma overdenture alocada sobre 2 implantes diagnosticados com peri-implantite. A nível inferior, possuía uma prótese removível. As suas maiores queixas eram a falta de retenção e dificuldade no processo de mastigação.

marcar consulta

Tratamento executado

No que diz respeito à arcada superior, os dois implantes encontravam-se perdidos, pelo que o plano de tratamento passou pela extracção dos mesmos, e colocação de novos implantes. De modo a reduzir a colonização bacteriana e tendo em consideração a evidente etiologia bacteriana da peri-implantite, a associação de antissépticos e antibióticos é vantajosa (Patricia M e cols, 2017), pelo que assim o fizemos. Relativamente à arcada inferior, vários estudos têm demonstrado que podem ser alcançados bons resultados clínicos com a colocação de implantes e próteses fixas numa única etapa de tratamento (Schroeder A e cols, 1981).

Assim, o plano de tratamento do presente caso passou pela colocação de implantes imediatos, a nível inferior e superior (protocolo conhecido como “Dentes em 1 dia” ou “Carga Imediata” ), evitando a necessidade do uso de uma prótese provisória removível durante o período de cicatrização (Esposito e cols, 2010; Drago e Lazzara, 2006; Amorfini e cols, 2011; Mozzati e cols, 2012).

Após consulta de Higiene Oral, antibioterapia e eliminação de possíveis focos de infecção, procedeu-se à colocação imediata de 6 implantes superiores, 5 implantes inferiores e duas pontes totais fixas provisórias acrílicas. É importante salientar que o paciente foi avisado/alertado para a importância da mudança dos seus hábitos de higiene oral.

marcar consulta

Tratamento executado

No que diz respeito à arcada superior, os dois implantes encontravam-se perdidos, pelo que o plano de tratamento passou pela extracção dos mesmos, e colocação de novos implantes. De modo a reduzir a colonização bacteriana e tendo em consideração a evidente etiologia bacteriana da peri-implantite, a associação de antissépticos e antibióticos é vantajosa (Patricia M e cols, 2017), pelo que assim o fizemos. Relativamente à arcada inferior, vários estudos têm demonstrado que podem ser alcançados bons resultados clínicos com a colocação de implantes e próteses fixas numa única etapa de tratamento (Schroeder A e cols, 1981).

marcar consulta
clinica implantes dentarios

Assim, o plano de tratamento do presente caso passou pela colocação de implantes imediatos, a nível inferior e superior (protocolo conhecido como “Dentes em 1 dia” ou “Carga Imediata” ), evitando a necessidade do uso de uma prótese provisória removível durante o período de cicatrização (Esposito e cols, 2010; Drago e Lazzara, 2006; Amorfini e cols, 2011; Mozzati e cols, 2012).

Após consulta de Higiene Oral, antibioterapia e eliminação de possíveis focos de infecção, procedeu-se à colocação imediata de 6 implantes superiores, 5 implantes inferiores e duas pontes totais fixas provisórias acrílicas. É importante salientar que o paciente foi avisado/alertado para a importância da mudança dos seus hábitos de higiene oral.

marcar consulta

Fases do tratamento

1.Consulta de Avaliação/Diagnóstico: Exames auxiliares de diagnóstico que incluem radiografias (ortopantomografia e TAC), protocolo fotográfico, diagnóstico e escolha do tratamento

2.Consulta de Higiene Oral

3.Consulta de Preparação para cirurgia: realização do scan intra-oral para planeamento prévio virtual da cirurgia

4.Cirurgia de Carga Imediata / Dentes em 1 dia: Explantação dos implantes superiores, colocação imediata de 6 implantes superiores, 5 implantes inferiores com guia cirúrgica

5.Consulta de Prova de Dentes: Nesta fase foram avaliados parâmetros estéticos e funcionais de acordo com a face, lábios e outras estruturas adjacentes, de modo a minimizar erros na confecção das próteses

6.Colocação das Próteses Provisórias Fixas e Ajustes: após a colocação das próteses, é necessário verificar a oclusão e realizar ajustes em caso de necessidade

Nota: Consulta 4, 5 e 6 foram realizadas no mesmo dia

Tempo total de tratamento:

marcar consulta
clinica implantes dentarios

Nos últimos anos, a reabilitação oral com implantes evoluiu para um campo de tratamento seguro, cada vez mais suportado pela evidência científica. Após a colocação de implantes dentários, deve ser proposto ao paciente um programa de manutenção eficaz, com o objetivo de preservar o nível de suporte ósseo e de manter a saúde dos tecidos em redor dos implantes. O paciente apresentou-se muito satisfeito após a realização do tratamento “Dentes em 1 dia”, conseguindo voltar a ter função mastigatória e retenção das próteses, devido aos dentes fixos

marcar consulta

Fases do tratamento

1.Consulta de Avaliação/Diagnóstico: Exames auxiliares de diagnóstico que incluem radiografias (ortopantomografia e TAC), protocolo fotográfico, diagnóstico e escolha do tratamento

2.Consulta de Higiene Oral

3.Consulta de Preparação para cirurgia: realização do scan intra-oral para planeamento prévio virtual da cirurgia

4.Cirurgia de Carga Imediata / Dentes em 1 dia: Explantação dos implantes superiores, colocação imediata de 6 implantes superiores, 5 implantes inferiores com guia cirúrgica

5.Consulta de Prova de Dentes: Nesta fase foram avaliados parâmetros estéticos e funcionais de acordo com a face, lábios e outras estruturas adjacentes, de modo a minimizar erros na confecção das próteses

6.Colocação das Próteses Provisórias Fixas e Ajustes: após a colocação das próteses, é necessário verificar a oclusão e realizar ajustes em caso de necessidade

Nota: Consulta 4, 5 e 6 foram realizadas no mesmo dia

Tempo total de tratamento:

marcar consulta

Nos últimos anos, a reabilitação oral com implantes evoluiu para um campo de tratamento seguro, cada vez mais suportado pela evidência científica. Após a colocação de implantes dentários, deve ser proposto ao paciente um programa de manutenção eficaz, com o objetivo de preservar o nível de suporte ósseo e de manter a saúde dos tecidos em redor dos implantes. O paciente apresentou-se muito satisfeito após a realização do tratamento “Dentes em 1 dia”, conseguindo voltar a ter função mastigatória e retenção das próteses, devido aos dentes fixos

marcar consulta

Equipa médica do caso clínico

Equipa médica do caso clínico